Arlequina: Uma estranha no ninho - os novos 52

23:37


Eaí gente! Tudo certo?
Faz um tempão que queria trazer essa resenha para o blog, mas estava esperando minha Harleyzinha chegar do ebay pra deixar as fotos mais bonitas. ❥ Adquiri essa edição no festival do Japão que rolou no começo no ano aqui em BH, depois de uma indicação da Bá, do Cuscuz pra conhecer um pouco mais sobre vilã que super amava, mas pouco conhecia. O encadernado possui as edições de #0 à 8 de histórias solo da Harley, publicadas nos Estados Unidos em 2014, mas aqui ganha o número #1 e o título "Uma estranha no ninho".
Harley sai de Gotham e vai pra Coney Island e começa a viver novas aventuras junto com sua companheira de vida (um castor empalhado). Após saber que um antigo paciente deixou um prédio em seu nome como herança, ela se muda para ele e como proprietária, se vê cheia de dívidas e volta a trabalhar como psiquiatra para conseguir a grana necessária. Quando chega lá se depara com a notícia que alguém colocou sua cabeça á prêmio, então vários assassinos e caçadores de recompensa tentam matá-la ao longo da HQ, enquanto ela e Ivy (Hera Venenosa) tentam descobrir quem está por trás da recompensa.


Em sua a rotina no asilo, ela ouve e aconselha seus pacientes idosos diariamente (após ficar tempos se maquiando para esconder a pele branca) e quando não está trabalhando, está enfrentando pessoas que maltratam animais e libertando/adotando com a ajuda de Ivy. Também consegue entrar para o time de Roller Derby (onde sua maior motivação é mostrar pras valentonas rivais quem é que manda).


A HQ tem diferentes pontos, uns melhores outros nem tanto. Mas no geral eu achei maravilhosa! Vemos claramente como seu cérebro funciona e que ás vezes não funciona muito bem hahaha Também fica claro como a relação dela com a Ivy é linda e sem abusos (como era com o Coringa) e quero sim ver a evolução delas juntas nas HQ's seguintes. Por fazer menção à violência física, pode ser que muitos não gostem, mas pra quem sabe da história e conhece a personagem está super recomendado! Você encontra atualmente no site da Panini por R$23,90 - preço sugerido.



Nos acompanhe nas redes sociais: Facebook | Youtube | Instagram | Instagram | Pinterest

Talvez você goste de:

5 comentários

  1. Parece ser interessante fiquei curiosa, beijos

    ritinhaangel.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua Harleyzinha *.* eu não sabia dessa edição, está linda pelo visto! Ah sim, apesar de doentio demais eu eu gostar do casal Harly e Coringa, acho que a relação com a Era é algo bom e como vc disse, principalmente, não é abusivo. Eu gostei tbm do preço rsrs está mega acessível! Vou colocar na minha lista até pq hq's nunca são demais não é msm?! beijos linda!

    ResponderExcluir
  3. Esse funko está uma gracinha, confesso que não conheço muito a personagem, até porque ainda não assisti esquadrão suicída e não costumo acompanhar os quadrinhos da dc. Mas, essa hq parece demonstrar muito bem como a cabecinha da arlequina funciona e parece um ótimo ponto de partida para quem não tem muita intimidade com a personagem! Beijos!!

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  4. Babando por esse funko fofura da Arlequina. Sempre gostei muito da personagem dos quadrinhos, desenho e até dos games. Mas confesso que a do cinema não me agradou muito, rsrs. Muito obrigada pela visita <3 Boa semana!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente: Funkos <3
    Eu lembro da primeira HQ da Arlequina que li, uns anos atrás, pq eu não sou fã do Batman, acho meio tosco como romantizam ele, então baixei a hq dela e fiquei maravilhada pq ela é bem inconsequente e bem tipo 'notice me sempai'. Claro que eu nunca curti muito o relacionamento dela com o Joker mas né, na vida real também é assim SHUIAHSUIHAUISHU
    Aqui na Finlândia é impossível achar hq em banca ou revistaria pq não tem nada disso então já to com uma listinha pra quando for pro BR D: SHUIAHUIHSUH
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir

Blog on Pinterest